December 3, 2022

Opiniões expressas por Empreendedor os contribuintes são deles.

Uma pequena empresa pode ser incrivelmente gratificante, e muitas pessoas optam por iniciar seu próprio negócio em vez de buscar um emprego de escritório que não se encaixa em seus objetivos pessoais ou estilo de vida. No entanto, administrar seu próprio negócio também significa assumir novos riscos e responsabilidades que você pode não ter considerado no início. Evitar erros financeiros em sua pequena empresa economizará dinheiro no futuro e impedirá que sua empresa vá à falência antes mesmo de começar.

Aqui estão seis dos maiores erros financeiros que podem destruir sua pequena empresa antes mesmo que ela tenha a chance de ter sucesso!

Relacionado: 6 erros financeiros que pequenas empresas cometem o tempo todo

Erro nº 1: não criar uma conta bancária comercial

Alguns assumem que, como a conta bancária de uma empresa está em seu nome e eles são o único fundador da empresa, não há necessidade de ter uma conta bancária da empresa. Embora seja verdade que você tecnicamente não precisa disso como proprietário, ter uma conta bancária separada pode poupar alguns problemas indesejados.

Por exemplo, se sua empresa contratar mais de um sócio ou investidor e surgirem disputas sobre como dividir o dinheiro, você poderá mostrar registros claros do que entrou e saiu da empresa. Também ajudará a proteger suas finanças pessoais caso algo aconteça com seu negócio. Nesses casos, uma ordem judicial pode exigir que suas contas sejam congeladas até que esses problemas financeiros sejam resolvidos.

Erro #2: Gastar dinheiro rápido demais

Não gaste dinheiro até entender o que é. Só porque você economizou dinheiro não significa que você pode gastá-lo generosamente. A última coisa que você quer fazer é esgotar seus fundos mais cedo, porque haverá muitos custos inesperados e contas a pagar no futuro.

No entanto, vale para os dois lados – se você precisar arrecadar fundos, não se preocupe em gastar tudo de uma vez. É melhor começar seu negócio agora do que esperar meses ou anos até que você tenha economias suficientes. Contanto que você não gaste demais (ou pelo menos gaste demais), investir cada centavo no crescimento do seu negócio está bem.

Erro nº 3: Ignorar impostos

Ignorar impostos é um grande erro financeiro que pode matar seu pequeno emprego e provavelmente causará problemas com o IRS. Se você ignorar a questão tributária, mesmo que por pouco tempo, ela pode virar uma bola de neve e acabar prejudicando você a longo prazo.

Se você não declarar seus impostos corretamente, é provável que o IRS audite seu negócio e imponha penalidades (o que significa ainda mais dinheiro do seu bolso). Não vale o risco! Como contratante, uma de suas principais tarefas é garantir que todos os documentos sejam arquivados no prazo e incluam todas as informações necessárias.

Erro nº 4: Não ter um plano de backup

Ao iniciar seu próprio negócio, ter um plano de backup é essencial. Algo que vai lhe poupar dinheiro quando sua primeira ideia falhar. Pode ser uma loja Etsy, um negócio paralelo ou trabalho freelance adicional. Se o pior cenário acontecer e você falhar, ter algo para reter a renda ajudará bastante a garantir que você ainda possa pagar as contas enquanto tenta novamente.

Erro nº 5: não ter um orçamento de marketing

Ter um orçamento de marketing é essencial. Se você não tiver dinheiro para comercializar seu produto ou serviço, ninguém saberá! E se ninguém souber, ninguém vai comprá-lo!

Além disso, sem um orçamento de marketing, você corre o risco de perder algumas das maneiras mais eficazes de promover seus negócios. Uma grande parte do marketing é fornecer novos conteúdos que informam os leitores e os inspiram a agir. Por exemplo, ao gastar US$ 100 em uma campanha de anúncios no Facebook visando clientes em potencial que possam estar interessados ​​em seu produto ou serviço, você pode alcançar milhares de pessoas por centavos cada! Por não ter um orçamento de marketing e não usar outros métodos de publicidade, como otimização de mecanismo de pesquisa (SEO) e publicidade em mídia social (SMA), você está perdendo oportunidades gratuitas de gerar mais leads e vendas.

Erro nº 6: má gestão do dinheiro

A má gestão de receitas e custos de estoque é um dos maiores erros que levam a problemas de dívida e falência. Embora a receita seja importante, ter estoque disponível para atender ao seu nível de demanda e comprar continuamente mais estoque quando você não precisa dele é um dreno no fluxo de caixa e na lucratividade do negócio. Manter um relacionamento saudável com os fornecedores pode ajudar a reduzir os custos do seu negócio a longo prazo. Converse com seus fornecedores sobre como eles precificam seus produtos e descubra os descontos que eles podem oferecer.

Outra dica para manter os custos baixos é comprar o máximo de estoque possível de uma só vez, em vez de pedir quantidades menores ao longo do tempo, o que aumentará os custos de envio.

Uma das melhores maneiras de se manter em forma financeiramente é investir em uma loja como a Hana Retail. Ele pode ajudar pequenas empresas com controle de estoque, armazenamento de dados de clientes e muito mais. Se você quiser saber mais sobre como os sistemas POS podem beneficiar sua empresa, entre em contato conosco hoje e certifique-se de evitar cometer um desses erros caros!

Relacionado: 6 coisas que você não percebe que estão prejudicando seus negócios

Leave a Reply

Your email address will not be published.